Livni quer responsabilizar Hamas por ataques israelenses

A ministra das Relações Exteriores de Israel, Tzipi Livni, exortou a comunidade internacional a responsabilizar o Movimento Islâmico de Resistência Hamas pela ofensiva militar israelense contra o território palestino de Gaza. "Eu espero que a comunidade internacional, inclusive todo o mundo árabe, envie uma mensagem clara ao Hamas: ''A culpa é sua. A responsabilidade é sua. São vocês que estão sendo condenados. Vocês não vão obter legitimidade da comunidade internacional dessa maneira. A responsabilidade pelas vidas dos civis em Gaza está em suas mãos''", disse Livni durante entrevista ao programa Meet the Press, da rede norte-americana de televisão NBC.A ministra disse que conversou ontem à noite com a secretária de Estado dos Estados Unidos, Condoleezza Rice, e que vem mantendo contato com líderes norte-americanos. Segundo Livni, um dos porta-vozes da Casa Branca, Gordon Johndroe, disse que "essa gente (Hamas) não passa de bandidos, e, por isso, Israel deve defender seu povo contra terroristas como o Hamas".Em contraste, a Organização das Nações Unidas (ONU), a União Européia e a Rússia exortaram Israel a suspender imediatamente suas operações militares na Faixa de Gaza, onde mais de 280 pessoas foram mortas em ataques israelenses em apenas 48 horas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.