Michaels Reynolds/EFE
Michaels Reynolds/EFE

Livro de sobrinha de Trump vende quase 1 milhão de cópias no 1º dia

Psicóloga e filha de Fred Trump, irmão mais velho do presidente dos EUA, Mary acusa o tio de ser arrogante e ignorante, cuja personalidade se encaixa nos critérios clínicos do narcisismo

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de julho de 2020 | 15h12

NOVA YORK - O novo livro sobre Donald Trump, escrito por sua sobrinha, vendeu quase 1 milhão de cópias em seu primeiro dia nas vitrines dos Estados Unidos, informou a editora na quinta-feira, 16.

Too Much and Never Enough: How My Family Created the World's Most Dangerous Man ("Muito e nunca suficiente: como minha família criou o homem mais perigoso do mundo, em tradução livre), de Mary Trump, é o primeiro retrato pouco agradável do presidente, por parte de um membro de sua família.

Psicóloga e filha de Fred Trump, irmão mais velho do presidente dos EUA, Mary acusa o tio de ser arrogante e ignorante, cuja personalidade se encaixa nos critérios clínicos do narcisismo.

As 950 mil cópias vendidas na terça-feira, incluindo pré-encomendas e versões em áudio e digital, são "um recorde para a editora" Simon & Schuster, informou a empresa em comunicado. 

A Casa Branca chamou as memórias de Mary Trump de "um livro de falsidades".

O irmão mais novo do presidente, Robert Trump, interpôs um recurso no tribunal, sem sucesso, na tentativa de interromper a publicação, alegando que Mary estava violando um acordo de confidencialidade assinado em 2001.

A Simon & Schuster encomendou a impressão de mais cópias do livro, que chegarão a 1,15 milhão apenas para o mercado americano.

O livro também superou as listas de vendas da Amazon no Canadá e na Austrália./AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.