Lloyds confirma saída de presidente em junho de 2010

O britânico Lloyds Banking Group confirmou neste domingo que Victor Blank deixará a presidência do banco em junho de 2010. O anúncio veio depois de várias reportagens sobre a possível saída de Blank.

AE, Agencia Estado

17 de maio de 2009 | 11h42

"Eu acho que será a hora certa de o grupo nomear um novo presidente. Eu continuarei trabalhando até que meu sucessor seja nomeado para garantir uma integração bem sucedida dos dois bancos", disse Blank em comunicado, referindo-se à fusão do Lloyds TSB com o também banco britânico HBOS (Halifax Bank of Scotland), anunciada no final do ano passado.

Blank tem sofrido crescente pressão de investidores institucionais desde que o Lloyds assumiu o HBOS. Recentemente, o Lloyds disse que espera ter um prejuízo antes de impostos este ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Lloydspresidentesaída

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.