Localizado corpo no Mar da China

Equipes de resgate chineses localizaram no Mar da China um corpo que pode ser o piloto do caça F-8 chinês que desapareceu no domingo após a colisão, em pleno ar, com o avião espião americano, de acordo com informações divulgadas nesta sexta-feira em um jornal de Hong Kong. O cadáver, que pode ser do piloto Wang Wei, de 33 anos, que saltou de seu caça depois da colisão com a aeronave americana, foi localizado ontem à noite. Por causa das péssimas condições do mar, as equipes de resgate ainda não conseguiram se aproximar do cadáver. A marinha chinesa mobilizou 74 aviões, 42 embarcações e mais de 10 mil pessoas na busca pelo corpo do piloto, segundo o jornal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.