Loja da Apple em Paris é assaltada na noite de ano novo

Uma loja da Apple em Paris foi vítima de um espetacular assalto na noite de ano novo, o maior roubo feito a uma das unidades da fabricante norte-americana de produtos eletrônicos na França. Por volta das 22 horas locais, homens armados entraram na loja, localizada logo atrás do Palácio Garnier, que abriga a Ópera de Paris, e próxima à loja de departamentos Galeries Lafayette. Segundo a polícia, vários produtos foram roubados.

CYNTHIA DECLOEDT, Agência Estado

01 de janeiro de 2013 | 16h21

A imprensa francesa informa que cerca de US$ 1,32 milhão em produtos foram levados pelos assaltantes, mas a polícia não confirma o montante.

"É muito cedo para dar uma estimativa correta do prejuízo. Uma investigação está em andamento para verificação exata dos danos", disse um porta-voz da polícia em Paris. Na França, um aparelho celular iPhone5 está sendo vendido por cerca de 679 euros.

A Apple não se manifestou sobre o ocorrido. A loja em Paris fechou suas portas ontem por volta das 17 horas locais. O jornal francês Le Figaro disse que apenas um segurança e uma funcionária da limpeza estavam na loja quando os suspeitos entraram por uma porta de serviço. Os assaltantes atacaram dois funcionários, que ficaram levemente machucados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
AppleassaltoParis

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.