Loja do McDonald´s é atacada durante protesto em Sorocaba

Uma lanchonete da rede americana McDonald´s foi atacada durante protesto de estudantes contra a guerra do Iraque, no final da noite de ontem, em Sorocaba. Os manifestantes arrancaram faixas de propaganda e cartazes da loja e atearam fogo ao material de publicidade, queimando também uma bandeira dos Estados Unidos. Também foram danificadas placas de sinalização do estabelecimento. O trecho da avenida defronte a lanchonete, localizada na área central, foi interditado. A Polícia Militar acompanhou a manifestação, mas não interveio.O protesto, que reuniu cerca de 250 estudantes, foi organizado por centros acadêmicos de duas universidades e teve o apoio do Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba. Os manifestantes concentraram-se na Praça da Bandeira, de onde saíram em marcha em direção à lanchonete, gritando bordões contra o presidente americano, George W. Bush. A loja não chegou a ser invadida, mas os estudantes subiram nas estruturas metálicas para arrancar faixas. Os funcionários, assustados, fecharam as portas. Os organizadores do protesto contiveram os manifestantes mais exaltados. A administração da lanchonete informou que não tem nada a ver com a guerra, e a franqueada é 100% brasileira. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.