Londres anuncia embargo de armas a Israel

O governo da Grã-Bretanha declarou hoje que embargará futuras exportações de armas a Israel por este não ter cumprido um acordo bilateral e continuar utilizando armamentos militares britânicos contra o povo palestino, apesar das promessas feitas por Tel Aviv a Londres. "Como resultado das respostas insatisfatórias por parte do governo israelense, não poderemos continuar fazendo negócios de exportação de armas com Israel", afirmou o chanceler britânico, Jack Straw.O Egito, por sua vez, suspendeu suas parcerias no campo agrícola com Israel no instante em que decidiu limitar suas ligações diplomáticas, no início do mês, anunciou hoje o Ministro da Agricultura egípcio, Youssef Waly, que também ocupa o cargo de vice-premier. "A cooperação científica e de pesquisa entre Egito e Israel no campo agrícola foi paralisada imediatamente após a decisão do gabinete de cessar todos os contatos com o Estado judeu, exceto aqueles que servem à causa palestina", afirmou Waly. O porta-voz da embaixada israelense no Cairo, Madav Cohen, disse que ainda não recebeu nenhuma notificação sobre o assunto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.