Londres e Quito querem solução diplomática

O chanceler britânico, William Hague, e seu colega equatoriano, Ricardo Patiño, encontraram-se ontem nos bastidores da Assembleia-Geral da ONU, em Nova York, e discutiram o destino do fundador do WikiLeaks, Julian Assange. "Ambos os ministros concordaram em buscar uma solução diplomática para o caso", disse o porta-voz de Hague. "Não vemos uma solução imediata", afirmou Patiño.

O Estado de S.Paulo

28 de setembro de 2012 | 03h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.