Londres nega insatisfação com escolha de Bustani para embaixador

O secretário responsável pela América Latina do Departamento de Relações Exteriores do Reino Unido, deputado Bill Rammell, negou que o governo britânico tenha ficado insatisfeito com a escolha do diplomata José Maurício Bustani para a função de embaixador brasileiro em Londres.Bustani foi afastado da direção da Organização para a Proibição de Armas Químicas das Nações Unidas (Opaq) em abril do ano passado por pressão do governo dos Estados Unidos e com o apoio do Reino Unido."Estamos muito satisfeitos com a escolha desse destacado diplomata para ser o embaixador brasileiro", disse. "Nossas opiniões sobre a atuação do Bustani quando ele era da Opaq são um assunto de conhecimento público expresso no Parlamento, mas não vemos absolutamente nenhuma conexão disso com o fato de ele ser indicado embaixador em Londres."Rammell deverá participar no dia 15 de maio, em Brasília, do encontro bilateral anual de alto escalão entre o Brasil e o Reino Unido que tem o objetivo de intensificar as relações entre os dois governos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.