Londres pode ter prejuízo de US$ 1 bilhão

O transporte ferroviário também foi afetado pela onda de frio na Europa. O trem que liga Londres a Paris já não vende passagens até o Natal. Os prejuízos também se acumulam. Por dia, a British Airways perde US$ 100 milhões com a neve. Na Air France, o cálculo é que as perdas poderão ser de US$ 51 milhões.

, O Estado de S.Paulo

22 de dezembro de 2010 | 00h00

Na Grã-Bretanha, já se fala de um impacto de US$ 1 bilhão na economia, diante do fechamento de lojas e vendas 25% abaixo do esperado.

Para a Comissão Europeia, a situação vivida pelos cidadãos europeus é "inaceitável". "Vamos ter de reavaliar como os aeroportos funcionam", disse Siim Kallas, comissário europeu para o Transporte. Ele ainda disse que os aeroportos são o "elo frágil" da infraestrutura do continente. Kallas também exigiu uma resposta dos aeroportos sobre como a situação chegou a tal ponto.

Em alguns aeroportos, palhaços, fadas e Papais Noéis foram contratados para tentar distrair as crianças. Passageiros com voos cancelados também receberam cobertores, enquanto muitos disputavam um lugar para dormir.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.