Londres proíbe entrada de pastor extremista

A Grã-Bretanha proibiu ontem a entrada no país do pastor extremista americano Terry Jones e destacou que a presença do religioso em seu território "não seria propícia para o bem-estar público". Jones, que foi duramente criticado no ano passado por seu plano de queimar exemplares do Alcorão, tinha sido convidado para discursar em um evento da Liga Inglesa de Defesa (EDL), um grupo de extrema direita. Mas a entidade retirou o convite a Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.