Londres se propõe a enviar soldados ao Sudão

- A Grã-Bretanha está disposta a enviar cinco mil soldados ao Sudão para enfrentar a grave crise humanitária na região de Darfur se o governo de Cartum pedir, informou hoje o chefe do Exército britânico, sir Michael Jackson. "Se fosse necessário, poderíamos ir ao Sudão. Poderíamos reunir uma brigada muito rapidamente", afirmou o general em uma entrevista com a BBC. O premier britânico, Tony Blair, já havia afirmado que Londres não descartava enviar tropas ao país africano.O ministro das Relações Exteriores britânico, Jack Straw, deverá viajar no final de agosto ao Sudão, país que enfrenta, desde fevereiro de 2003, uma sangrenta guerra na região ocidental de Darfur, que provocou a morte de 10 mil pessoas e deixou mais de um milhão de refugiados.

Agencia Estado,

24 de julho de 2004 | 14h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.