Londres volta a ser cidade com escritório mais caro; Rio está em terceiro

Londres superou Hong Kong por estreita margem e voltou a ser a cidade com os escritórios mais caros do mundo, enquanto a Zona Sul do Rio de Janeiro saltou do oitavo para o terceiro lugar, segundo um relatório da consultoria imobiliária global Cushman & Wakefield.

Reuters

19 de fevereiro de 2013 | 19h22

É a primeira vez desde 2008 que a capital britânica lidera esse ranking. A escassez de bons imóveis comerciais para alugar fez com que os preços subissem 2 por cento no West End londrino, o que bastou para ultrapassar os preços de Hong Kong, segundo o relatório divulgado nesta terça-feira. A consultoria previu que os preços no West End continuarão subindo, refletindo a melhora econômica.

O valor médio de locação comercial em Londres é atualmente de 2.137 euros por metro quadrado, mais do que o dobro dos valores em Paris, Nova York e Moscou. No caso da zona sul carioca, os preços subiram 43 por cento em relação ao ano passado, disse o relatório.

Globalmente, o valor de locação de espaços comerciais qualificados subiu 3 por cento, num movimento puxado em grande parte pela América do Sul, especialmente por Brasil e Colômbia. Muitos outros mercados continuarão se ressentindo das incertezas econômicas.

"Portos seguros ou cidades-portais, como Londres, Hong Kong e Nova York, continuam a colher aluguéis elevados, apesar das condições econômicas incertas, já que continuam sendo mercados cruciais nos quais fazer negócios; ao mesmo tempo, o crescimento populacional levou a um aumento nos custos de ocupação em mercados emergentes da América do Sul e Ásia", disse em nota o presidente e executivo-chefe da Cushman & Wakefield, Glenn Rufrano.

Os demais lugares na lista são os seguintes (entre parênteses, a colocação no ranking anterior):

4º. (5º.) - Connaught Place, Nova Délhi, Índia

5º. (3º.) - Bairro financeiro de Tóquio, Japão

6º. (4º.) - Bairro financeiro de Moscou, Rússia

7º. (6º.) - Bairro financeiro de Pequim, China

8º. (7º.) - Midtown de Manhattan, Quinta Avenida e avenida Madison, Nova York, Estados Unidos

9º. (9º.) - Bairro financeiro de Sydney, Austrália

10º. (10º.) - Bairro financeiro de Paris, França

(Reportagem de Ilaina Jonas)

Tudo o que sabemos sobre:
GERALALUGUELRANKING*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.