Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Lorde chanceler inglês despe-se da toga cerimonial. E até da peruca

O mais alto funcionário da justiça inglesa está-se livrando de suas roupas cerimoniais. A seguir, o próprio cargo ir-se-á. Lord Falconer, o lorde chanceler, quebrou hoje com a tradição, dispensando a toga judicial, rebordada de prego e dourado, que seus predecessores sempre usaram na procissão anual dos juízes.Em vez disso, Falconer usou um terno simples e gravata branca.O governo do primeiro-ministro Tony Blair planeja abolir o posto de lorde chanceler, que data do ano de 605, considerando que ele coloca muito poder nas mãos de uma única pessoa. O lorde chanceler é, simultaneamente, um juiz, um legislador e um membro do gabinete.A roupa do chanceler é uma das mais elaboradas dentre os trajes oficiais e o serviço religioso na Abadia de Westminster, normalmente é uma oportunidade de mostrar seus ornatos, incluindo uma ondeante peruca, calções estilo século 18 e sapatos de fivelão.Depois de o serviço marcar o início do ano legal, Falconer lidera os juízes - a maioria com perucas e capas suntuosas ornamentadas com arminho ? numa procissão de 45 minutos através das ruas até o Parlamento,O predecessor de Falconer, Lorde Irvine of Lairg, também dispensava, algumas vezes, as vestes mais vistosas do cargo. Ele pedia constantemente para que lhe permitissem usar calças normais em vez dos calções, no Parlamento. E acabou com a tradição de andar de costas diante da rainha na abertura oficial do Parlamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.