Lucía Pinochet retira sua solicitação de asilo

Lucía Pinochet tinha solicitado asilo nos EUA ao chegar no aeroporto internacional de Dulles, próximo a Washington, para onde tinha viajado procedente da Argentina.A filha de Pinochet chegou a Buenos Aires vinda do Chile no domingo passado, horas antes de ser notificada de seu processamento.A Justiça chilena acusa Lucía Pinochet, junto com outros membros de sua família, de evasão tributária e uso de passaportes falsos.O NSA disse desconhecer a razão pela qual a filha de Pinochet decidiu retirar sua solicitação de asilo, e não quis fazer mais comentários sobre o assunto, alegando que o NSA "não comenta, nem nega, os pedidos de asilo".Processada por evasão de impostos no valor de mais de US$ 800.000 e por falsificação de passaportes, a filha do ex-ditador espera seu destino em um centro de detenção de Washington.No Chile, o advogado da filha de Pinochet, Hugo Ortiz de Phillipi, recomendou a ela hoje que voltasse a seu país natal. Phillipi considerou como uma idéia "muito má" a viagem de Lucía Pinochet aos Estados Unidos, e acrescentou que "não é fácil" obter o asilo.Hoje, a esposa, dois filhos e uma nora de Augusto Pinochet apelaram dos processos por evasão tributária e uso de passaportes falsos ditados contra eles esta semana pelo juiz chileno Carlos Cerda.Na segunda-feira, Cerda, que investiga as contas secretas de Pinochet no exterior, processou por evasão tributária a esposa do militar e quatro de seus filhos, mas Lucía não foi notificada ainda por estar nos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.