Lufthansa cancela vôos devido à greve na Alemanha

Uma greve nos aeroportos da Alemanha forçou a Deutsche Lufthansa AG a cancelar 252 vôos desde ontem à noite, informou a porta-voz da companhia aérea. No aeroporto de Frankfurt da Fraport AG, o maior da Europa Continental, 160 vôos domésticos e europeus foram cancelados, a maior parte deles, vôos da Lufthansa. A maioria dos trabalhadores que participam da greve nesta manhã refere-se a funcionários em terra e de segurança, disse o porta-voz do aeroporto de Frankfurt, Wolf-Dieter Schaller. Em carta enviada ao sindicato ontem, a Lufthansa afirmou que a greve provocará milhões em perdas. "Ainda é cedo para fornecer um número, porém obviamente o cancelamento de vôos provocará danos à Fraport e a nossos clientes", disse Schaller. O sindicato de funcionários públicos da Alemanha, Verdi, está exigindo aumento de no mínimo 3% dos salários para quase 3 milhões de seus membros. Os líderes do governo afirmam contudo que dada a fraca condição da economia do país, esses aumentos não são possíveis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.