Lugo foi decisivo para convencer Chávez

O Estado apurou que o convencimento definitivo do presidente venezuelano, Hugo Chávez, para se tratar no Brasil, ocorreu no dia 5, quando, em Caracas, foi comemorado o bicentenário da independência da Venezuela. Na ocasião, estavam presentes os presidentes da Bolívia, Evo Morales, do Paraguai, Fernando Lugo, e do Uruguai, José Mujica.

Lisandra Paraguassu, O Estado de S.Paulo

15 de julho de 2011 | 00h00

No fim do desfile, os três presidentes sul-americanos foram levados ao Palácio de Miraflores, sede do Executivo venezuelano, para um rápido encontro com Chávez. Ele agradeceu a presença dos três e fez uma saudação especial a Lugo, que se recuperou de um câncer linfático após semanas de tratamento no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.

Lugo, segundo relatou ontem ao Estado um diplomata venezuelano, pediu a Chávez que aceitasse a oferta da presidente Dilma Rousseff, porque ele foi salvo pelo tratamento recebido no hospital da capital paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.