Lugo invalida compra de terras por estrangeiros

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, declarou ontem sem efeito a compra de terras por estrangeiros por parte de beneficiários da reforma agrária. A medida, porém, limita-se às transações feitas a partir de dexembro de 2004 e não afeta os "brasiguaios", brasileiros naturalizados que produzem no país há cerca de 40 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.