Paul Whitaker/Reuters
Paul Whitaker/Reuters

Lugo substitui novamente cúpula militar do Paraguai

É a terceira vez desde sua posse, em 2008, que presidente troca o comando das Forças Armadas

AE-AP, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 13h31

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, substituiu hoje os principais comandantes das Forças Armadas do país. Em um anúncio surpreendente, feito pelo palácio de governo, Lugo, também comandante-em-chefe das Forças Armadas, destituiu os chefes do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.

O general Miguel Crist é o novo comandante da Aeronáutica, enquanto o general Darío Cáceres está à frente do Exército. O contra-almirante Juan Carlos Benítez é o novo chefe da Marinha. Nenhum porta-voz das forças militares nem do governo comentou os motivos das mudanças. Os oficiais substituídos, que passaram para a reserva militar, também não deram explicações.

Em entrevista ao jornal local ABC, o contra-almirante reformado Cíbar Benítez, que foi comandante das Forças Armadas até novembro de 2009, criticou as novas mudanças. Segundo ele, a mudança é "uma desconsideração e uma falta de respeito" aos militares. "É grave, estou certo de que isso produz efeitos muito adversos na instituição", afirmou Benítez.

Segundo o diário, é a terceira vez desde sua posse, em 2008, que Lugo troca o comando das Forças Armadas. O presidente já disse anteriormente que temia um golpe para derrubá-lo. Outro jornal paraguaio, o Última Hora, informa em seu site que a mudança ocorre um mês após a saída do ministro da Defesa, Luis Bareiro. Esse ministro tinha contra si um processo de juízo político, aberto no Congresso, por suposto mau desempenho em suas funções.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.