Lula: Brasil 'precisa orgulhar-se de Obama'

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no discurso que fez na Câmara dos Deputados em ato de comemoração dos 20 anos da Constituição Brasileira, voltou a elogiar a eleição do democrata Barack Obama para a presidência dos Estados Unidos. "Nós, brasileiros, somos a segunda maior nação negra do mundo, depois da Nigéria, e precisamos estar otimistas, esperançosos e ter muito orgulho, porque não é pouco coisa eleger um negro presidente dos Estados Unidos", declarou Lula, falando de improviso, sentado à Mesa Diretora da Câmara. "Como brasileiros", prosseguiu, "estamos felizes com a eleição. E estaremos mais felizes se melhorar a relação dos EUA com nosso (sub) continente."Mais cedo, Lula havia dito que a eleição de Obama "representa, sobretudo, um reconhecimento da democracia". Acrescentou: "Quem duvidava de que um negro poderia ser eleito presidente dos EUA agora sabe que pode. Isso acontece num regime democrático, que é onde a sociedade se manifesta. Acho que é um feito extraordinário a eleição do primeiro negro na história dos Estados Unidos."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.