Leonardo Soares/AE - 21/11?10
Leonardo Soares/AE - 21/11?10

Lula condena ataques da Coreia do Norte à Coreia do Sul

Eu não sei quem atacou primeiro, mas, de qualquer forma, eu condeno, diz presidente

estadão.com.br,

23 de novembro de 2010 | 16h57

SÃO PAULO -O presidente Luiz Inácio Lula da Silva condenou nesta terça-feira o ataque da Coreia do Norte contra a ilha sul-coreana de Yeonpyeong e lembrou que, a princípio, o Brasil se opõe a qualquer tipo de agressão entre países.

Veja também:

 Radar Global: O armistício de Pan-Mun-Jon

especial Infográfico: As origens do impasse na península coreana

lista Entenda a crise entre os dois países 

"Por enquanto condenamos qualquer tentativa de ataque da Coreia do Norte à Coreia do Sul", disse Lula. "Eu não sei quem atacou primeiro, mas, de qualquer forma, qualquer ataque eu condeno. Tem de respeitar a soberania do País".

O presidente afirmou ainda que precisava se inteirar do assunto com o Itamaraty sobre o contexto do ataque. " A Coreia do Norte está dizendo que foi atacada primeiro, que foi provocada primeiro. Vou me informar melhor", prometeu o presidente.

Lula reiterou também a posição brasileira de defesa da integridade territorial de cada país. "Nós temos de respeitar a soberania de cada país e não permitiremos, em hipótese alguma, qualquer tentativa de transgredir a soberania de outro país".

Leia ainda:

linkEUA e UE condenam ataque norte-coreano

linkJapão fica em alerta devido a conflito entre Coreias

linkPyongyang acusa Seul de disparar primeiro
 

Com Agência Estado e Efe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.