Lula defende direito do Irã de explorar energia nuclear

O Irã tem o mesmo direito do Brasil e de diversos outros países de explorar a energia nuclear, desde que com fins pacíficos, declarou nesta quarta-feira o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, depois de um encontro com o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, em Nova York.

AE-AP, Agencia Estado

23 de setembro de 2009 | 21h12

De acordo com Lula, Ahmadinejad reafirmou durante o encontro que os dois tiveram que as usinas nucleares do Irã têm finalidade estritamente pacífica de geração de energia elétrica e não há motivo para duvidar disso. Depois da reunião, Lula qualificou o Irã como "um grande parceiro" e defendeu o direito do Brasil de traçar sua própria política externa.

Tudo o que sabemos sobre:
energia nuclearLulaIrã

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.