Lula e Uribe falam sobre encontro com as Farc no Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou ao presidente da Colômbia, Alvaro Uribe, a disposição de permitir um encontro do governo colombiano com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) no Brasil. A informação é do assessor especial da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, que está acompanhando o presidente em sua visita à Colômbia. Segundo Garcia, o governo brasileiro espera que seja feito um pedido formal durante a assembléia da ONU. Ele disse que, se o encontro acontecer mesmo no Brasil, a ONU deverá marcar a data, e o governo brasileiro, o local. Sobre a possibilidade de o encontro entre as Farc e o governo da Colômbia acontecer no Brasil, o presidente disse que nada está definido. "Se for necessário o Brasil está disposto a dar cooperação", disse. Lula disse também que a paz na Colômbia é de interesse de todos os países da região, incluindo aí o Brasil. "Nós faremos tudo para manter a tranqüilidade na região. O Brasil terá todo o empenho para colaborar nesta questão desde que haja disposição da ONU e da Colômbia".Segundo o presidente, o governo brasileiro espera por um pedido da Colômbia e da ONU para participar de alguma forma nas negociações entre as Farc e o governo do país vizinho. "O Brasil só moverá ação a pedido da ONU e da Colômbia", disse o presidente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.