ANDRE DUSEK/AE
ANDRE DUSEK/AE

Lula lamenta morte de Tabaré Vázquez: 'Um amigo querido meu e do Brasil'

O governo Bolsonaro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, também divulgou nota sobre a morte do ex-presidente do país vizinho

Redação, O Estado de S.Paulo

06 de dezembro de 2020 | 15h54

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lamentou neste domingo,6, a morte do ex-presidente do Uruguai (2005-2010 e 2015-2020) Tabaré Vázquez, em decorrência de um câncer no pulmão.

"Fomos presidentes ao mesmo tempo e só guardo boas memórias de sua atuação pela cooperação e integração da América do Sul", escreveu o presidente do Brasil entre 2003 e 2010.

"Hoje perdi um amigo querido meu e do Brasil. Minha solidariedade e sentimentos aos familiares, amigos e ao povo uruguaio, que preservará a memória e o legado de Tabaré Vázquez", completou Lula.

O ex-presidente uruguaio morreu aos 80 anos, após lutar por longo período contra um câncer no pulmão, conforme divulgou neste domingo o partido ao qual o político era filiado, a Frente Ampla, e depois confirmou a família.

"Foi um grande médico e político, por duas vezes presidente do Uruguai, que governou com sabedoria e competência, deixando um legado de democracia, desenvolvimento e avanços sociais no nosso querido país vizinho", afirmou o antigo chefe de governo do Brasil.

O governo de Jair Bolsonaro, por meio do Ministério das Relações Exteriores, divulgou nota sobre a morte do ex-presidente do país vizinho. "O governo brasileiro tomou conhecimento, com grande pesar, do falecimento do ex-presidente da República Oriental do Uruguai, Tabaré Vázquez. O governo brasileiro transmite ao povo-irmão do Uruguai e aos familiares do ex-presidente as suas profundas condolências", indica o texto./EFE e AFP  

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.