Lynndie England fala à BBC

Cinco anos depois, soldado americana insiste que não fez nada errado em Abu Ghraib.

BBC Brasil, BBC

17 de agosto de 2009 | 15h00

Cinco anos após ter sido acusada de participar de abusos cometidos por soldados americanos na prisão de Abu Ghraib, no Iraque, Lynndie England insiste não ter feito nada errado.

Em uma entrevista ao programa Newsnight, da BBC, Lynndie disse que tem medo de sair em público, por conta de supostas ameaças de morte que recebe.

"Serei sempre paranoica. Sempre," ela diz.

Imagens da ex-soldado sorrindo e apontando para detentos iraquianos nus chocaram os Estados Unidos e o restante do mundo.

Ela está no grupo de nove soldados que foram condenados por maus tratos a prisioneiros iraquianos em Abu Ghraib no fim de 2003.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.