Macaco "passava trote" para zoológico

Alguém telefonava para um zoológico no meio da madrugada e acordava seus funcionários, mas não dizia nenhuma palavra. Porém, um barulho o entregou. Um funcionário reconheceu o som de um chimpanzé, e as buscas levaram a um macaco enjaulado no Blair Drummond Safari Park, nos arredores de Stirling, Escócia, onde Chippy escondia um telefone celular. Seu criador, Gary Gilmour, reconheceu seu telefone, que estava perdido. "Nós apenas imaginávamos o pequeno demônio que ele é" brincou Gilmour nesta quarta-feira. "Ele deve ter adorado apertar todos aqueles botõezinhos que acendiam e faziam barulho, especialmente quando estava escuro e ninguém mais circulava pelo parque." Gilmour contou ter comprado recentemente o telefone celular e disse que havia gravado poucos números na memória. "Ainda bem que só tinha os números dos meus colegas daqui", agradece. Os funcionários do zoológico estão felizes por poderem voltar a dormir bem. Mas Chippy está triste. "Ele agora parece uma criança. Ficou chateado porque pegamos meu celular de volta. Acho que precisaremos comprar um de brinquedo para ele", concluiu Gilmour.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.