Macaco pega ladrão

Rani, um desses macacos que trabalham para o dono que toca realejo e recebe algum dinheiro de pessoas para as quais o animal "tira a sorte", pegando um pedaço de papel numa caixinha, teve uma atividade extra e bastante elogiada. Agilmente, atentendo a uma ordem do dono, ele conseguiu conter um ladrão que tentava fugir após um roubo na cidade indiana de Khurda. Graças a Rani, a polícia prendeu o ladrão. O macaco de seis anos trabalhava com o dono, Munna, para atrair a atenção dos passageiros de um trem quando o ladrão agiu. Munna percebeu o que acontecia e mandou Rani sair no encalço do bandido, que fugia com uma mala roubada. Aproveitando sua leveza e agilidade, o pequeno animal alcançou o ladrão, agarrou-se à sua cabeça e tanto fez que acabou fazendo com que ele caísse. Os dois ficaram engalfinhados até a chegada da polícia. "O homem com a mala não atendeu a ordem dos policiais para que parasse. Pulou em direção aos trilhos e chegou a uma outra plataforma de embarque. Ele teria fugido facilmente se o macaco não tivesse impedido", confirmou Tarani Majhi, inspetor da ferrovia. Embora tenha virado "herói", com seu macaco, Munna está preocupado. Ele admite que não foi uma atitude muito inteligente mandar Rani perseguir o ladrão. Ocorrre que os ladrões costumam agir em gangues na estação ferroviária, e agora ele teme uma represália. Assim, vai procurar outro lugar para trabalhar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.