Madagáscar põe ex-presidente em prisão domiciliar

Johanesburgo, 27/12/2014 - Um representante do ex-presidente de Madagáscar Marc Ravalomanana disse que ele foi colocado sob prisão domiciliar na capital do país, Antananarivo. Anteriormente ele estava preso na cidade de Antsiranana, 700 quilômetros a norte da capital. Segundo o assessor, o ex-presidente foi autorizado a voltar para casa no dia último dia 24, para passar o Natal com a família, e depois ganhou o benefício da prisão domiciliar.

Estadão Conteúdo

27 de dezembro de 2014 | 13h01

Ravalomanana foi preso em outubro, quando voltou para Madagáscar após cinco anos de exílio na África do Sul. Ele havia deixado o país em março de 2009, quando seu governo foi derrubado por um golpe de Estado liderado pelo prefeito da capital, Andry Rajoelina. Ele foi condenado a prisão perpétua e trabalhos forçados por supostos abusos de poder durante sua administração. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Madagáscarpresidenteprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.