Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
AFP Photo/Ramon Espinosa
AFP Photo/Ramon Espinosa

Maduro chega a Cuba para homenagear "gigante" Fidel Castro

Estamos aqui para prestar homenagem a um gigante, diz o presidente venezuelano

O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2016 | 14h26

HAVANA - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chegou a Havana para prestar homenagem ao "gigante" líder revolucionário Fidel Castro, que receberá um tributo na emblemática Praça da Revolução nesta terça-feira.

"Estamos aqui para prestar homenagem a um gigante. Aqui está à Venezuela, aqui está a Revolução Bolivariana para dizer: seguimos de pé, seguimos juntos, hoje mais do que nunca com Fidel", afirmou Maduro ao chegar ao Aeroporto Internacional José Martí.

O líder venezuelano disse estar solidário "ao povo de Cuba nestes dias de despedida à força imortal do comandante Fidel Castro".

"É difícil e estranho chegar a Cuba e não ter Fidel fisicamente", comentou Maduro, que destacou a figura do também falecido ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, um dos principais aliados da família Castro.

Nicolás está acompanham ministra das Relações Exteriores Delcy Rodríguez e do embaixador venezuelano perante a Organização das Nações Unidas (ONU), Rafael Ramírez.

Hoje à tarde, acontecerá um grande ato na Praça da Revolução, onde, desde ontem, está uma grande foto do líder revolucionário, falecido na última sexta-feira, aos 90 anos.

Outros representantes de nações amigas de Cuba também chegaram a Havana, entre eles os presidentes da Bolívia, Evo Morales e da Guiné Equatorial, Teodoro Obiang, e dirigentes de países como China e Argélia./ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.