Maduro diz que Álvaro Uribe planeja assassiná-lo

O presidente venezuelano Nicolás Maduro disse nesta sexta-feira que o ex-presidente colombiano, Álvaro Uribe, está tentando assassiná-lo, embora não tenha dado nenhuma evidência que sustente sua acusação. "De Bogotá, Álvaro Uribe está por trás de um plano para me assassinar", disse Maduro, o recém-eleito presidente venezuelano e herdeiro político do falecido dirigente Hugo Chávez. "Uribe é um assassino, eu tenho evidências suficientes sobre isso, que ele está conspirando".

AE, Agência Estado

03 de maio de 2013 | 22h41

Uribe governou a Colômbia de 2002 a 2010 e foi por anos um opositor declarado de Chávez e do governo socialista venezuelano. O ex-dirigente colombiano não foi encontrado para comentar as acusações.

Além de Uribe, o governo da Venezuela fez declarações públicas dizendo que os Estados Unidos conspiram para derrubar o comando socialista do país. Entre elas, Maduro acusou o país de provocar, de alguma forma, o câncer que matou Chávez. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
VENEZUELAMADUROURIBE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.