Mãe de fundador do site diz que filho ''manterá convicções''

A mãe de Julian Assange,Christine, disse que o filho segue comprometido com a divulgação dos documentos e as circunstâncias não irão atingi-lo. A australiana, que tem sido uma ponte entre o filho e a imprensa, é considerada uma das maiores influências de Assange. Segundo Christine, o filho se afastou da família para não pôr ninguém em risco. Assange e o irmão estudaram boa parte do tempo em casa, já que Christine acreditava que uma educação formal poderia provocar um "respeito doentio" por autoridades. As mudanças de residência da família também serviram de aprendizado para Assange. Até os 14 anos, ele se mudou 37 vezes por causa da disputa pela custódia do irmão.

, O Estado de S.Paulo

15 de dezembro de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.