Mãe de Moussaoui quer extradição do filho para a França

O advogado da mãe de Zacarias Moussaoui expressou alivio pelo veredicto do julgamento do francês, que foi poupado da pena de morte nesta quarta-feira. Ele prometeu liderar uma batalha legal para trazer Moussaoui de volta para casa."Pediremos incansavelmente que as autoridades francesas exijam o retorno de Zacarias Moussaoui à França", disse Patrick Baudouin, advogado da mãe de Moussaoui, Aicha El Wafi. "Então a luta não acabou, longe disso, está apenas começando", acrescentou o advogado.El Wafi, que recentemente retornou à França após uma visita aos Estados Unidos, não pretende falar publicamente sobre o veredicto - expedido nesta quarta-feira por um tribunal federal americano -, que condenou seu filho à prisão perpétua.Francês de ascendência marroquina, Moussaoui é a única pessoa condenada nos EUA por ter mantido conexões com os idealizadores dos ataques de 11 de Setembro."Eu estou muito satisfeito com (o fato de o) júri americano ter aberto mão da pena de morte apesar de toda a pressão da opinião pública, da agressividade dos promotores e da emoção legítima das vítimas", disse Baudouin à Associated Press depois de anunciado o veredicto.Embora uma possível aplicação da pena de morte "acrescentasse mais barbarismo a uma barbaridade", Baudouin disse que a prisão perpétua também é "extremamente severa e desproporcional"."Dito isso, eu não poderia estar feliz com a sentença - passar a vida na prisão é uma pena extremamente severa às ações que realmente podem ser atribuídas à Zacarias Moussaoui", disse.Em um pronunciamento preparado antes de o veredicto ser lido, o ministro da Justiça francês, Pascal Clement, disse que consultaria o ministro do Exterior francês sobre os próximos passos a serem tomados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.