Mãe reconhece o filho prisioneiro no Iraque

Um dos militares norte-americanos prisioneiros das forças iraquiana foi identificado neste domingo pela mãe como Joseph Hudson, do Novo México. Anecita Hudson, uma mulher que disse ser a mãe do soldado, afirmou que até agora não recebeu comunicação do Departamento de Defesa sobre a situação do filho.No entanto, em declarações para a imprensa dos EUA, ela disse que a esposa de Joseph foi convocada para uma audiência em Fort Bliss, quando supostamente será informada da prisão do marido.A mãe de Hudson reconheceu o filho nas imagens divulgadas pelo televisão das Filipinas, captada nos Estados Unidos. A mulher, que é de origem filipina, disse que entendeu o que diziam os locutores da TV filipina. "Meu filho foi capturado. O entrevistaram na televisão. Parecia muito assustado", disse. Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.