Mães da Praça de Maio financiavam campanhas

Sergio Schoklender, ex-braço direito de Hebe Bonafini, líder da organização de defesa dos direitos humanos Mães da Praça de Maio, denunciou na quinta-feira à Justiça que, além de possuir contas bancárias na Europa com cerca de 2 milhões, a entidade financiou campanhas eleitorais da presidente Cristina Kirchner e imprimiu cartazes para candidatos kirchneristas. Schoklender afirma ter comprovantes de que a organização gastou US$ 360 mil nas campanhas de Cristina e de outros dois políticos.

, O Estado de S.Paulo

10 Setembro 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.