Mafioso é preso em bunker na casa da mãe

Giuseppe Aquino, um dos principais líderes da máfia calabresa, foi preso ontem em um bunker subterrâneo na casa de sua mãe, em Marina di Gioiosa Jonica, na Província de Reggio Calabria. Aquino, de 50 anos, estava foragido desde que, em 2010, foi condenado a uma pena de 3 anos e 6 meses de prisão em uma operação contra a N'drangheta. Ele foi descoberto pela polícia após uma investigação que usou escutas telefônicas. De acordo com as autoridades, Aquino é um dos mais poderosos criminosos da Itália.

O Estado de S.Paulo

02 de agosto de 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.