Magistrados espanhóis protestam contra reforma

Juízes e procuradores ao redor da Espanha fizeram uma manifestação nesta sexta-feira contra a reforma do Ministério da Justiça, a qual eles afirmam irá aumentar a carga de trabalho, reduzir alguns dos poderes do judiciário e restringir a Justiça para a população de renda mais baixa. Cerca de 200 magistrados fizeram uma manifestação em Madri e cortaram o trânsito no centro da capital espanhola. Muitos levavam cartazes com a frase "Justiça R.I.P." (Justiça, descanse em paz).

AE, Agência Estado

23 de novembro de 2012 | 14h34

A reforma do ministério faz parte das medidas de austeridade tomadas recentemente pelo primeiro-ministro Mariano Rajoy. O judiciário também é contra o aumento das tarifas para as pessoas que entram com ações nos tribunais de apelações, uma medida que os juízes afirmam afastará as pessoas de renda mais baixa da Justiça.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.