Maior mina de ouro da Ásia começará a produzir na China

A maior mina de ouro da Ásia começará a produzir na China neste ano, graça à colaboração entre uma empresa do país e outra australiana, informou hoje a rádio chinesa. A mina de Lannigou, localizada na província de Guizhou, conta com um investimento de 800 milhões de yuanes (80 milhões de euros). Tem capacidade de produção entre 180 mil e 200 mil onças de ouro e seus depósitos podem durar cerca de 15 anos. As vendas de ouro dispararam na China no ano passado, apesar do aumento do preço internacional do metal, o mais elevado dos últimos 18 anos. O desejo de adquirir ouro também se reflete na demanda dos investidores chineses e nos mercados tradicionais de venda, onde o interesse dos compradores supera com sobras o aumento da oferta. Estima-se que a demanda alcançará as 600 toneladas anuais nos próximos anos, coincidindo com a liberalização do mercado de ouro, que permitirá aos indivíduos comprar lingotes como forma de investimento. Na atualidade, 90% do ouro que se vende na China é destinado à produção de jóias.

Agencia Estado,

06 Março 2006 | 03h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.