Maioria dos alemães é contra ação militar na Síria

Grande parte dos alemães é contra uma ação militar do Ocidente contra a Síria em reação a um suposto ataque com armas químicas realizado pelo regime do presidente Bashar Assad, segundo uma pesquisa divulgada nesta quinta-feira.

AE, Agência Estado

29 de agosto de 2013 | 11h02

A pesquisa da emissora estatal de televisão ZDF mostrou que 58% dos entrevistados disse que rejeita uma resposta militar, enquanto 33% afirmou que apoiaria a medida. Já 9% dos consultados alegou que não tinha uma posição definida.

Se uma ação militar liderada pelos EUA for em frente, 41% disse que acredita que Alemanha poderia contribuir financeiramente e com equipamentos, em comparação com 55% que discordam desse ponto de vista.

A pesquisa feita por telefone ocorreu entre os dias 26 e 28 de agosto e contou com 1.348 pessoas. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
síriaalemanhapesquisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.