Maioria dos americanos defende ação militar no Iraque

A maioria dos norte-americanos (68%) declarou-se favorável a uma ação militar dos Estados Unidos no Iraque, para derrubar o regime do presidente Saddam Hussein. Apenas 26% estão contra. Segundo uma sondagem publicada sábado, cujos números permanecem inalterados desde a semana passada, 57% dos americanos desejam que os inspetores de desarmamento da ONU tenham a possibilidade de regressar ao Iraque, contra 36% que defendem uma ação militar imediata.A sondagem CBS News/New York Times garante que 61% das pessoas questionadas defendem que Washington não se deve lançar imediatamente numa ação militar contra o Iraque, praticamente o dobro do que aqueles que defendem o contrário.A pesquisa mostra também que 51% consideram que o presidente George W. Bush explicou claramente as razões que justificam um ataque militar contra o Iraque. Já 42% não ficaram satisfeitos com essas explicações.O número de norte-americanos que se declara satisfeito com a forma como Bush conduz a Presidência subiu três pontos porcentuais, para os 66%, contra 27% de entrevistados que desaprovam a política adotada pelo presidente.Numa sondagem feita entre 27 e 31 de outubro, em um universo de 1.018 adultos norte-americanos, 71% defendem que a luta contra o terrorismo de Bush é bem sucedida, enquanto 22% têm uma opinião contrária.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.