Maioria dos britânicos quer viver no exterior

Mais da metade da população britânica (54%) considera a possibilidade de viver em um país estrangeiro, informa uma pesquisa publicada hoje pelo jornal The Daily Telegraph. De acordo com levantamento, realizado pela empresa YouGov com 3.500 pessoas, os britânicos não notaram mudanças econômicas consideráveis desde que o primeiro-ministro Tony Blair assumiu o poder, em 1997 - fato que motiva o desejo de abandonar o país. A grande maioria daqueles que querem se mudar prefere os Estados Unidos, que são seguidos pela Espanha e França. Outras razões citadas pelos britânicos para abandonar o reino foram: o alto custo de vida; as novas oportunidades de trabalho em outros países da Europa; e as condições climáticas.

Agencia Estado,

26 Agosto 2002 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.