Maioria dos israelenses apóia Estado palestino

Após um ano de violência e de paralisação nas negociações de paz, mais da metade dos israelenses consultados em uma pesquisa continuam a favor da criação de um Estado palestino após um acordo. A sondagem da Gallup, divulgada hoje pelo jornal Maariv, diz que 61% dos entrevistados estão de acordo com a criação de um Estado palestino. No entanto, 58% deles se opõem a que parte de Jerusalém seja incluída no novo Estado. O primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, disse esta semana que estaria de acordo com um Estado palestino sob estritas limitações, entre as quais que Jerusalém continuasse sob total soberania israelense. Na pesquisa foram ouvidos 592 israelenses, e a margem de erro foi de 4,5%.

Agencia Estado,

19 Outubro 2001 | 12h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.