Mary Altaffer/AP
Mary Altaffer/AP

Maioria dos jovens latinos deixaria os EUA se Trump fosse eleito presidente

Segundo pesquisa, entre os negros a porcentagem chega a 73%

O Estado de S. Paulo

02 de fevereiro de 2016 | 08h00

MIAMI - Uma pesquisa divulgada na segunda-feira indica que 64% dos jovens latinos deixaria os Estados Unidos se o pré-candidato republicano Donald Trump chegasse à presidência, número que aumenta a 73% entre os jovens negros.

A pesquisa, da página de notícias Fusion das emissoras ABC e Univisión, evidencia ainda que mais da metade (54%) dos adultos jovens, de entre 18 e 35 anos, abandonaria oS EUA se o magnata imobiliário chegasse à Casa Branca.


Segundo a pesquisa, os democratas são muito mais propensos a dizer que gostariam de sair em um eventual governo de Trump, que liderou a maioria das pesquisas desde que apresentou sua campanha em junho de 2015 pelo Partido Republicano.

Enquanto isso, segundo a pesquisa, um de cada três jovens republicanos abandonaria o país se o magnata imobiliário vencesse as eleições.

Em geral, 70% dos consultados respondeu de forma negativa à possibilidade que Trump, que teve uma polêmica campanha na qual se referiu aos imigrantes mexicanos como "estupradores" e "assassinos", chegasse à Casa Branca.

Na semana passada, uma pesquisa do grupo Government Business Council apontou que um de cada quatro funcionários federais consideraria deixar seu posto de trabalho se Trump se tornasse presidente do país. Além disso, 59% disse que se sentiria "envergonhado".

A pesquisa da Fusion foi divulgada na segunda-feira quando começam, no Estado de Iowa, as votações primárias para escolher os candidatos pelos partidos Democrata e Republicano para a eleição presidencial de novembro.

Segundo uma recente pesquisa da Universidade de Quinnipiac, Trump parte como claro favorito em Iowa no lado republicano, enquanto no democrata há um empate técnico entre a ex-secretária de Estado Hillary Clinton e o senador Bernie Sanders, com 46% e 49% de intenções de voto, respectivamente.

A pesquisa da Fusion, empresa conjunta da Disney-ABC Television Group e Univision Communication, foi realizada por telefone com 1.000 pessoas de entre 18 e 35 anos. / EFE
Tudo o que sabemos sobre:
Trumplatinosnegros

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.