Tobias Schwarz/Reuters
Tobias Schwarz/Reuters

Mais 12 carros são incendiados em Berlim

Desde terça, pelo menos 47 carros já foram incendiados em bairro de calsse alta da capital alemã

Efe

18 de agosto de 2011 | 10h33

BERLIM - Doze automóveis foram danificados durante a madrugada desta quinta-feira em Berlim na terceira noite de incêndios provocados em veículos estacionados na capital alemã, a maioria deles localizados no bairro de classe alta de Charlottenburg.

 

Desde terça-feira, 47 carros foram queimados nas ruas de Berlim neste tipo de ações, cujas motivações estão sendo investigadas pela Polícia.

Segundo fontes das forças de segurança, neste ano já foram incendiados cerca de 300 veículos, sobretudo luxuosos, na capital alemã.

 

A Polícia atribui estes ações à esquerda radical, embora não descarte outras linhas de investigação, como a ação de um indivíduo isolado.

 

Nas últimas semanas os ataques aumentaram e passaram a ser vinculados tanto com os recentes distúrbios de Londres como com a proximidade das eleições regionais em Berlim, que serão realizadas em 18 de setembro.

 

O prefeito-governador de Berlim, o social-democrata Klaus Wowereit, fez um apelo aos cidadãos nesta quarta-feira para que observem qualquer movimento suspeito e denunciem imediatamente à Polícia.

 

No bairro mais afetado, Charlottenburg, no oeste da cidade, as patrulhas noturnas foram reforçadas.

 

Os incêndios, no entanto, não se reduzem a essa área, já que também foram registrados, embora em menor proporção, no distrito vizinho de Tiergarten e em Lichtenberg, no extremo leste da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.