Mais 611 imigrantes da Líbia chegam à ilha italiana de Lampedusa

Três embarcações chegaram nesta noite à ilha; outras 553 já haviam desembarcado na quarta

30 de junho de 2011 | 09h29

ROMA - Três embarcações procedentes da Líbia com 611 imigrantes ilegais a bordo chegaram nas últimas horas à ilha italiana de Lampedusa, informaram nesta quinta-feira, 30, fontes da Guarda Litorânea local.

 

Veja também:

especialLinha do Tempo: 40 anos da ditadura na Líbia

especialInfográfico: A revolta que abalou o Oriente Médio

especialEspecial: Os quatro atos da crise na Líbia

 

O último desembarque ocorreu no começo da manhã de hoje e deixou na ilha 188 imigrantes, cuja embarcação havia sido interceptada 18 milhas náuticas ao sul de Lampedusa.

 

Horas antes, havia chegado a terra outra embarcação com 249 imigrantes a bordo, entre eles várias mulheres e crianças.

 

Antes da meia-noite, desembarcaram em Lampedusa outros 174 imigrantes ilegais, sendo 24 mulheres e quatro menores de idade.

 

Estas chegadas se somam às registradas ontem na ilha italiana, onde desembarcaram outros 553 imigrantes que se lançaram ao mar em dois barcos desde a costa da Líbia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.