Mais de 1 milhão vão à posse de Obama em Washington

Mais de um milhão de pessoas se reuniram hoje na explanada entre o Capitólio e o Monumento a Lincoln para presenciar a posse de Barack Obama. Após a cerimônia, na tarde desta terça-feira, a multidão acompanhou o desfile e aplaudiu a passagem da limusine com o presidente e a primeira-dama Michelle Obama, na Avenida Pennsylvania, até a Casa Branca. Num certo momento, a limusine parou e o casal presidencial desceu do carro e prosseguiu por alguns minutos a pé, sorrindo e saudando a multidão.A posse de Obama atraiu um recorde de público a Washington. A polícia da capital norte-americana estima a multidão de hoje entre 1 milhão e 2 milhões de pessoas. Em 1981, a posse do presidente Ronald Reagan atraiu 500 mil pessoas a Washington, enquanto a posse de Bill Clinton em 1993 atraiu 800 mil. A estimativa de mais de 1 milhão de pessoas da Associated Press se baseia em fotografias da multidão, em comparação com eventos passados.Mais cedo, o senador democrata Edward M. Kennedy desmaiou durante o almoço da posse de Obama e foi retirado de maca do Capitólio. Edward, mais conhecido como Ted, é irmão do ex-presidente John F. Kennedy e enfrenta um longo tratamento contra um câncer cerebral. Outro senador democrata, Robert C. Byrd, também passou mal e foi retirado do local. Um policial do Capitólio perguntou antes aos presentes se havia algum médico que pudesse atender os senadores.Depois da cerimônia de posse de Barack Obama como o 44º presidente dos EUA, o ex-presidente George W. Bush e sua mulher, Laura, partiram para a propriedade do casal no Texas, após oito anos ocupando a Casa Branca. Eles partiram em um helicóptero, que os aguardava perto do Capitólio. Conforme a tradição, o novo presidente e sua mulher acompanharam os dois até a aeronave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.