Mais de 100 peregrinos morrem na Índia por tumulto após acidente

Um tumulto desencadeado por um acidente durante a noite em uma floresta causou a morte de mais de 100 peregrinos hindus no estado de Kerala, no sul da Índia, segundo informaram autoridades e a polícia local neste sábado.

D. JOSE, REUTERS

15 de janeiro de 2011 | 10h24

O subencarregado da polícia estatal declarou a jornalistas que 102 pessoas haviam morrido no incidente na noite de sexta-feira. Autoridades de um templo hindu estimam em cerca de 100 os mortos, disse o ministro de assuntos religiosos de Kerala, Ramachandran Kadannappally, por telefone.

Um ônibus levando peregrinos de volta ao estado de Karnataka colidiu com um jipe e perdeu o controle, atropelando pessoas que caminhavam nas proximidades, segundo Kadannappally. Peregrinos em pânico começaram a correr.

O ministro-chefe de Kerala, V.S Achuthanandan, convocou uma reunião de emergência do governo do estado e o primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, prometeu enviar cerca de 100 mil rupias (2,2 mil dólares) em compensação para cada família das vítimas, informou a agência Press Trust of India.

"É um incidente infeliz. O primeiro-ministro nos telefonou e garantiu que serão tomadas todas as medidas. Meu governo decidirá sobre uma quantia adequada como compensação," afirmou Achuthanandan à CNN-IBN.

Quando começou o corre-corre, milhares de pessoas estavam reunidas no santuário de Sabarimala, que fica numa montanha, na sexta-feira à noite, último dia de um festival religioso anual.

Tudo o que sabemos sobre:
INDIAACIDENTEPEREGRINOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.