Mais de 130 pessoas morrem em incêndio na Argentina

São mais de 130 os mortos no incêndio desta noite na discoteca República Cromagnon, em Buenos Aires, onde se realizava um concerto de rock assistido por 1.500 jovens, em um bairro populoso da capital argentina, afirmaram autoridades locais. O lugar é muito popular entre adolescentes da capital argentina.Uma autoridade municipal disse a um canal de televisão que a cifra ?é preliminar? porque muitas pessoas atendidas em hospitais estão em estado grave. Segundo testemunhas, o fogo começou por volta das 23h30 de ontem e as chamas se alastraram rapidamente, provocando pânico na multidão."A situação é trágica", afirmou uma pessoa que conseguiu escapar do incêndio. A discoteca logo foi cercada pela polícia para permitir o trabalho dos numerosos veículos de bombeiros e ambulâncias. Os feridos foram transferidos para os hospitais Ramos Mejía, Rivadavia e Fernández, que estão cheios de vítimas e de familiares a procura de parentes. "Quando entrei, não havia luz mas me deparei com muitos jovens jogados no chão, um em cima do outro", comentou um jovem que entrou na discoteca para tentar ajudar as vítimas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.