Mais de 140 ficam feridos em evento eleitoral na Armênia

Mais de 140 pessoas ficaram feridas nesta sexta-feira quando balões de gás explodiram durante um concerto do partido governista em Erivan, capital da Armênia, dias antes das eleições parlamentares, marcadas para domingo.

AE, Agência Estado

04 Maio 2012 | 16h33

O Ministério de Assuntos Emergenciais disse que 144 pessoas sofreram queimaduras quando um grande número de pequenos balões explodiram repentinamente durante o concerto, realizado pelo partido do presidente Serzh Sarkisian na praça central de Erivan.

Imagens postadas em sites armênios mostraram partidários celebrando com grandes quantidades de balões, seguidas por cenas caóticas do que aconteceu depois, com pessoas gritando em meio à confusão.

Os balões estavam decorados com o slogan de campanha do partido governista: "vamos acreditar na mudança".

"Todas as vítimas tiveram ferimentos leves ou medianos. Agora, os médicos tentam recuperá-las do choque", disse o ministro da Saúde Harutiun Kushkian aos jornalistas.

Ainda não há informações sobre o que causou a explosão dos balões.

Os armênios vãos às no domingo para escolher os 131 integrantes da Assembleia Nacional. Trata-se do maior teste desta ex-república soviética desde a eleição presidencial de 2008, quando manifestações de rua se transformaram em confrontos entre a polícia antidistúrbio e partidários da oposição que deixaram dez mortos.

Pesquisas de opinião indicam que o partido do presidente Serzh Sarkisian, o Republicano - que atualmente tem a maioria parlamentar - está à frente de seu aliado de coalizão - o Armênia Próspera, liderado pelo magnata milionário e ex-lutador de braço Gagik Tsarukian. Partidos de oposição aparecem bem atrás nos levantamentos. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.