Mais de 15 mortos em acidente com trem de alta velocidade

Um trem de levitação magnética de alta velocidade, viajando a 200km/h, bateu em um carro de manutenção, no norte da Alemanha nesta sexta-feira, matando ao menos 15 pessoas. Este é o primeiro acidente fatal envolvendo o sistema de trens de alta tecnologia. Um funcionário do governo disse que o número de mortos deve subir para 21. O promotor Alexander Retemeyer disse que ele e outros funcionários no local do acidente não acreditam que as seis pessoas que ainda não foram contadas estejam viva.; Até agora, 15 mortes foram confirmadas, e outras 10 ficaram feridas, dos 29 passageiros. O trem bateu em um veículo de manutenção com dois funcionários quando passava por trilhos elevados. O trem magnético da Transrapid, usado no trecho de 32 quilômetros entre Doerpen e Lathen, próximo à fronteira holandesa, caiu dos trilhos elevados na cidade de Lathen. Rudolf Schwarz, porta-voz da IABG, que faz a manutenção da estrada de ferro, disse que o resultado foi causado por erro hunmano. "O acidente não foi causado por falha técnica. Isso é o resultado de erro humano.O trem Transrapid é produzido pela Transrapid Internatonal, consórcio entre a Siemens e a ThyssenKrupp. O trilho é mantido pela IABG. Ele disse que não havia turistas a bordo do trem quando ele bateu, a um quilômetro da estação na vila de Melstrup. "Estamos tentando conseguir o máximo de detalhes", disse o porta-voz, acrescentando que o trem, que pode chegar a 450 Km/h, viajava a 200 Km/h. Kevin Coates, ex-porta-voz da Transrapid, disse que foi a primeira vez que ele tinha conhecimento de um acidente com um trem de levitação magnética. "Tenho que acreditar que não foi um defeito da tecnologia, mas um problema de comunicação", disse em entrevista por telefone à agência de notícias AP. Trens de levitação magnética usam imãs poderosos para fazer os trens flutuarem sobre os trilhos, permitindo que eles deslizem sem atrito. Os socorristas usaram caminhões dos bombeiros para alcançar os trilhos e o trem, a aproximadamente quatro metros de altura sobre o solo.A primeira-ministra, Angela Merkel, elstava a caminho do local do acidente, segundo o governo. Este é o pior acidente com trem na Alemanha desde 2998, quando 101 pessoas morreram quando um trem saiu dos trilhos e bateu em uma ponte, no pios acidente de trem da história do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.