Mais de 2,4 mil sírios fogem para a Turquia

População de Jisr Al-Shughour, onde 120 militares foram mortos no início da semana, teme ataque do Exército da Síria contra a cidade

Gustavo Chacra, O Estado de S.Paulo

10 de junho de 2011 | 00h00

O Ministro das Relações Exteriores da Turquia, Ahmet Davutoglu, disse ontem que mais de 2,4 mil sírios cruzaram a fronteira e entraram em território turco nos últimos dias. Foram montados três campos de refugiados para receber a população síria, que foge da onda de repressão liderada pelo presidente Bashar Assad contra a oposição.

A agência de notícias estatal turca informou que entre a noite de quarta-feira e manhã de ontem, mais de 1.050 sírios fugiram para a Turquia. A população teme um ataque de forças de segurança contra a cidade síria de Jisr Al-Shughour, em resposta ao assassinato de 120 militares no início da semana. Cerca de 30 mil soldados estariam próximos da cidade, cercada por mais de dez tanques.

"Está muito ruim a situação em Jisr Al-Shughour", disse um homem, aparentando cerca de 50 anos, em um dos campos de refugiados. "Há muitas forças de segurança e tanques. Há mais deles chegando. Não é possível permanecer lá."

As circunstâncias sobre a violência em Jisr Al-Shughour permanecem sombrias e o governo acusa grupos armados de terem atacado seus soldados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.